Brasil no Automobilismo – Perspectivas Futuras – F1

Massa e Senna. Seriam estes os últimos personagens brasileiros na F1?

 

 

 

Rubinho, Kanaan, Helinho e Bia. 

Seriam estes os últimos brasileiros na Indy?

Tenho fé que não!

Preliminarmente, se faz necessário dizer que há uma série de outras categorias do automobilismo consideradas tops, mas em termos de publicidade é certo que F1 e Indy são as categorias mais influentes no Brasil e, portanto, falaremos delas.

O Brasil vive um jejum de títulos na F1 desde 1991, com o título conquistado por Ayrton Senna. Óbvio que o Brasil conquistou, após isso, quatro vices: um com Senna (1993), dois com Rubens Barrichello (2002 e 2004) e um com Felipe Massa (2008), mas para a maioria dos brasileiros, vice-campeonato não é nada, principalmente se vier das mãos de algum brasileiro…

Sobre os títulos na Indy, o último brasileiro a ser campeão foi Tony Kanaan em 2004, mas a categoria não tinha tanta publicidade como vem tendo em 2012. Popularidade que se deve, em grande parte, a Rubens Barrichello que faz sua temporada de estreia na categoria.

Há uma série de fatores que impede a formação de novos pilotos de ponta para o Brasil, principalmente a falta de infraestrutura e organização do automobilismo nacional. Os autódromos estão acabando e as categorias também. É, portanto, evidente que o país vive uma situação difícil, com a possibilidade de não possuir mais pilotos na F1 nos próximos anos, o que para muitos (eu, inclusive) seria uma grande perda.

Felipe Nasr e Luiz Razia

Felipe Nasr e Luiz Razia

Mas o foco é falar do que o Brasil tem para o futuro em termos de Indy e, principalmente de F1. Falemos portanto das sensações do momento da GP2 (categoria que tem o costume de ‘formar’ pilotos para a F1): Luiz Razia e Felipe Nasr.


Sobre Luiz Razia, o piloto baiano já está há um bom tempo tentando engrenar, passou por uma série de dificuldades na GP2 nos anos anteriores, entrando em equipes ruins, praticamente sem chance de vitórias; Em 2012, porém, foi contratado por uma grande equipe de GP2,  Arden International, propriedade de Christian Horner, chefe de equipe da Red Bull Racing, na F1.

Razia, em 2012, conseguiu sua segunda vitória na categoria. A mais importante, começando o campeonato na liderança e dando esperanças do Brasil ter um campeão de GP2, podendo ascender a F1. Razia é dono de uma carreira diferente do padrão e do que a maioria quer ver. Não conseguiu resultados sensacionais imediatamente, mas solidificou uma base e pode, portanto, ter construído o alicerce de uma carreira que pode ser vitoriosa, podendo chegar à F1. Acredito que uma boa temporada pode lhe garantir um cockpit na F1 em 2013, ano em que haverá a ‘dança das cadeiras’ na F1, pois muitos contratos terminarão. Cabe dizer que ser da equipe de Christian Horner pode lhe render bons contatos dentro da F1, mas ainda há um longo caminho a percorrer. Torço por ele!

Sobre Felipe Nasr, brasiliense, é possível ver uma grande diferença em estratégia de carreira, afinal, o jovem piloto tem apenas 19 anos e já está numa equipe de ponta (DAMS) na GP2, fruto de seu brilhante campeonato na Fórmula 3 Inglesa em 2011, em que foi campeão com facilidade. Longe de querer fazer qualquer comparação com Razia, Felipe está se adaptando à GP2, ao carro, às corridas e ao fim de semana bem mais movimentado, se comparado ao da F3 Inglesa.

Ao chegar na GP2, surpreendeu a muitos, pois conseguiu fazer belas corridas, obtendo grandes resultados, principalmente um pódio no primeiro fim de semana na categoria. Diferentemente de Razia, é preciso tomar cuidado ao criar grandes expectativas, afinal é apenas um garoto ainda e uma quebra de expectativa pode ser crucial para a carreira de Nasr. Acompanhemos!

Importante citar, além desses dois pilotos de GP2, o tocantinense Felipe Fraga, jovem de apenas 16 anos que já inicia sua carreira na Europa, na Formula Renault ALPS 2.0. A grande atenção que se dá ao menino é originada de seus resultados no kart, mas, principalmente, de ser o novo contratado da Red Bull Racing para seu programa de formação de jovens pilotos, que revelou o atual bicampeão da F1, Sebastian Vettel. Vale a pena acompanhar a carreira do menino também.

Em suma, o Brasil tem chances de aparecer com novas caras na F1 em um curto espaço de tempo, mas é necessário cautela para não gerar grandes expectativas. O mundo da F1 é cruel e muito competitivo. São milhões de dólares investidos e qualquer investimento errado é cruel para qualquer um.

Vamos torcer pelos novos pilotos, quem sabe algum não traz um título de F1 para o Brasil novamente?

Anúncios

11 respostas em “Brasil no Automobilismo – Perspectivas Futuras – F1

  1. Sensacional, para um amante (no sentido de amador mesmo) como eu por automobilismo é bom saber que o Brasil não está parado. Aproveitando, gostaria de saber se poderia me responder, sobre os pilotos que o Felipe Massa tinha criado uma categoria aqui no Brasil, com chances de fazer parte do time Ferrari. Minha pergunta é, o que aconteceria com eles caso o Felipe não renovasse contrato com a Ferrari?

    • Jota,
      obrigado pelo comentário!
      Bom, sobre a Formula ‘Future’/Futuro, acabei não comentando, mas até faz sentido, afinal ela acabou! Por motivos financeiros não teremos mais a categoria!
      O automobilismo brasileiro está realmente indo pro espaço!

  2. Caro Andre,materia ate que boa,porem voce esta desinformado quanto o piloto Felipe fazer parte do Racing Team Junior da Red Bull,ele nao faz parte deste time fora do Brasil.Entre em contato com eles que te passarao os nomes dos pilotos,tanto que nao usa macaxao,capacete,carenagem com o logo.Carregar uma garrafinha com o logo nao o faz piloto oficial,entao nao tire a conquista de Carlos Sainz Jr,daniiil Kvyat(Renault 2.0),Alex Albon,Stefan Wackerbauer,Callan Jordan,Lewis Williamson.Espero ter ajudado.Abs

    • Obrigado pelo toque, Katia!
      Em nenhum momento quis tirar a conquista de ninguém! Muito pelo contrário! Só citei o Felipe, pois conheço um pouco da carreira dele e no texto falo apenas de pilotos brasileiros!
      Mas muito obrigado mesmo!

      • Este ano ele nao esta com eles nas fotos,mas em breve com o talento que tem estara com certeza.
        Abs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s