E a KV surpreendeu na Indy500!

Admito. Sempre duvidei do potencial da KV Racing!

A equipe de Barrichello e Kanaan nunca venceu na Indy, e esse status (ainda) não mudou!

Desde o ano passado, a atenção dos brasileiros tem se voltado para a equipe, afinal, Tony Kanaan ingressou no início da temporada passada e fez a massa brasileira conhecer a não-tão-eficiente equipe.

A KV tem errado nas estratégias, falhado em coisas bestas, deixado seus pilotos sem as mínimas condições de vencer. Batem na trave, mas não vencem. Garanto que não é por ineficiência dos pilotos. Digo, não é ineficiência de Kanaan e, agora, de Barrichello, que tem mostrado um ótimo trabalho.

Mas por que a KV surpreendeu em Indianápolis?

Simples, colocou seus carros nas posições 8, 9, e 10 de largada. Acertou razoavelmente bem os carros, e seus pilotos fizeram um bom trabalho. Digo, Kanaan e Barrichello fizeram um bom trabalho.

Acho que ‘bom’ é até pouco. Barrichello ganhou o prêmio de melhor estreante desse ano!

E que corrida! Chegou a liderar. Por que outros pilotos já haviam parados nos boxes, sim, mas liderou!

E Kanaan bateu na trave.

Liderou nas voltas finais e por pouco, muito pouco, não conseguiu a vitória.

Cruzou a penúltima volta na quarta posição, pois na última relargada perdeu terreno para os 2 Chip Ganassi (Dixon e Franchitti) e para Takuma Sato (grande surpresa).

Sato, o japonês voador, quis levar seu nome ao pé da letra. Na última volta tentou uma ultrapassagem um tanto quanto abusada e bateu. Bye, bye, japa!

Kanaan herdou a terceira posição. Com glórias, sim!

Na foto, os três primeiros: Franchitti, Dixon e Kanaan

 

Afinal, um pódio em Indianápolis é para poucos. Tem que ser, no mínimo, melhor que trinta dos que largaram (largam 33).

Barrichello finalizou em 11º. Admito que fiquei surpreso com a posição de chegada. No início queria apenas que ele terminasse a prova. Foi muito consistente e chegou a manter uma oitava colocação real nas útimas voltas. A última relargada também não foi das melhores para o brasileiro.

 

Bom, para os críticos e os que desacreditam em um rapaz com 40 anos, espero que tenha servido.

Para mim, como torcedor, serviu.

Pois é… A KV me surpreendeu!

André Ribeiro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s